Lista telefônica

Licitação do anexo continua em pauta - Jornal Cruzeiro do Vale

Licitação do anexo continua em pauta

21/08/2012 08:31

A licitação para as obras de construção do anexo do Fórum de Gaspar continua na ordem do dia. As datas anteriormente estabelecidas e anunciadas não puderam ser cumpridas, por razões técnicas.

Segundo o engº Hertel José Cantú, do setor de engenharia e arquitetura do Tribunal de Justiça, o projeto necessita ser adequado às exigências do CNJ no que diz respeito à precificação do orçamento a ser encaminhado à licitação. Quanto ao inicio das obras, dependem ainda de possíveis recursos administrativos nas etapas de licitação e propostas. Após a assinatura do contrato, o engenheiro Hertel prevê um prazo de 30 meses para a execução das obras.

Respondendo a uma solicitação do Dr. Cleverson Oliveira, diretor geral administrativo do Tribunal, pedindo o máximo empenho para o termino do projeto de Gaspar, o Engenheiro Hertel respondeu dando as seguintes datas: 1º) analise e conclusão dos projetos complementares, dia 24/08/2012. 2º) prazo de orçamentação nos termos das exigências do CNJ, dia 25/09, quando será enviado à licitação.

Essas informações têm sido obtidas pela Comissão que luta há um ano e meio pela regularização dos serviços forenses da cidade.

Alias, na ultima sexta-feira, os responsáveis por esta Comissão, ex-deputado Alvaro Correia e a Dra. Meri Terezinha Zibetti, presidente da Subseção da OAB de Gaspar, reuniram-se com as lideranças do município, quando deram conhecimento dessas ultimas informações sobre o novo prédio do Fórum de Gaspar.

Bastante otimista quanto ao inicio das obras do anexo, o ex-deputado Alvaro Correia fez na oportunidade uma retrospectiva sobre os trabalhos daquela Comissão, admitindo que muitos dos problemas do Fórum foram resolvidos, o que permitiu uma expressiva recuperação dos serviços forenses que, de 37 mil, baixou para 30.136 o numero de processos atrasados ate o final do ano de 2011. Duas dezenas de funcionários foram nomeados, o sistema elétrico foi melhorado não existindo mais o apagão em dias de temporal, o prédio foi pintado e cercado, amplos espaços físicos foram contratados no prédio ao lado permitindo o desafogo dos serviços, as três varas estão funcionando cada qual com o seu juiz titular.

O mais importante de tudo, disse o ex-parlamentar, é que o projeto do anexo não parou, o terreno de 2.600 metros doado pela Prefeitura, foi transferido e unificado ao do Fórum, e cumpridos as demais formalidades, permitindo a elaboração dos projetos arquitetônico e estrutural, agora na expectativa da licitação. A comissão aprovou enviar um oficio ao ex-presidente do Tribunal de Justiça, Jose Trindade dos Santos, agradecendo todo o apoio que deu durante a sua gestão para resolver os problemas do nosso Fórum, que se arrastavam há anos.

Álvaro Correa | Ex-parlamentar

Edição 1416

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.