Jornal Cruzeiro do Vale - Notícias de Gaspar e região | Santa Catarina

Jornal Cruzeiro do Vale

Gaspar, 20 de agosto de 2014

Polícia prende quadrilha que atuava na cidade de Itajaí

Data: 10/02/2010


5828gMD.jpgA Polícia Civil, através da Central de Operações Policiais de Itajaí, prendeu na manhã desta terça-feira, 9, uma quadrilha especializada em praticar roubos e comercializar drogas na cidade de Itajaí. Foram detidos Luciano Cardoso, de 32 anos, Renato Freitas Filho, 24, Anderson Teodoro Arosso, 21, e Isméria Inácio, 36 anos.

Entre os crimes realizados pelo grupo, está o roubo de uma carga de pneus avaliada em R$ 1 milhão e uma carga de rolamentos para veículos estimada em R$ 300 mil.

ENTENDA O CASO

No dia 13/12/09, uma quadrilha fortemente armada invadiu o depósito da CenterLog e utilizando cinco caminhões com contêineres, levaram grande quantidade de pneus, avaliados em R$ 1 milhão, bem como, uma carga de rolamentos para veículos, avaliada em R$ 300 mil.

Quatro dias após os fatos, Agentes da COP e 1ª DP de Itajaí, com apoio de policiais que integram a Força-Tarefa de Navegantes, conseguiram recuperar praticamente tudo que foi subtraído pela quadrilha, em um galpão, na cidade de Mandirituba/PR.

INVESTIGAÇÃO

Através de investigações, restou comprovada a participação efetiva de Cardoso, Arosso e Freitas Filho no referido roubo, e também ficou apurado que, além de praticarem roubos, o trio está envolvido no comércio de entorpecentes. Foi representado pela prisão dos suspeitos e pela busca e apreensão em suas respectivas residências, o que foi prontamente atendido pelo Poder Judiciário.

Os trabalhos investigativos também apontavam que os três indivíduos possuíam o apoio de Isméria, a qual é moradora do Beco da Nice, localizado no Bairro Nossa Senhora das Graças, popularmente conhecido como "Matadouro". Contra ela, também foi expedido um Mandado de Busca e Apreensão.

 PRISÕES E APREENSÕES

Por volta das 10h, os integrantes da COP se dirigiram até a residência da mulher. Arosso estava no local e tentou fugir, porém, não logrou êxito.

Na casa da acusada, os agentes encontraram um pacote contendo 400 pedras de crack, que estavam escondidas no forro. Além da droga, três balanças de precisão também foram localizadas.

Simultaneamente, os policiais se deslocaram até a residência de Cardoso e Freitas Filho e deram voz de prisão no momento que ambos se preparavam para sair em uma motocicleta.

No interior da casa dos suspeitos, no Bairro Vila Operária, a Polícia apreendeu dois pacotes de cocaína, pesando cerca de 200 gramas, bem como, uma balança de precisão.

IDENTIDADE FALSA

Há cerca de três anos, Cardoso vinha utilizando o nome de Luciano Carlos da Silva. O homem forjou sua morte e deu entrada junto ao INSS para receber pensão por morte. Desde então, o criminoso vinha recebendo tal benefício.

Fonte: Assessoria de Imprensa Polícia Civil

Imprimir!  

Nenhum comentário postado.

Deixe seu comentário

Os comentários estão sendo moderados, portanto, seu comentário não será exibido no ato do envio.

 
 
Seu e-mail não será divulgado.

 
Seu telefone não será divulgado.


 

Para buscar frases exatas utilize aspas duplas. Ex.: "polícia de gaspar"

Todos os direitos reservados © 2014 | Editora Cruzeiro do Vale - Sede: Cel. Aristiliano Ramos, 441 - 1o andar
Telefone Comercial: (47) 3332-4259 | Telefone Redação: (47) 3332-9060 | Fax: (47) 3332-9060 | by softd