Jornal Cruzeiro do Vale - Notícias de Gaspar e região | Santa Catarina

Jornal Cruzeiro do Vale

Gaspar, 18 de dezembro de 2014

Morre segunda vítima de acidente em frente ao Paraíso dos Pôneis

Data: 20/03/2014

Lindomar Gilberto de Lima, 50 anos, envolvido em um acidente ocorrido no dia 6 de fevereiro, em frente ao Paraíso dos Pôneis, no bairro Bela Vista, morreu depois de pouco mais de um mês de internação no Hospital Santa Isabel, em Blumenau. Lindomar morava no bairro Figueira e conduzia um Vectra, com placas de Gaspar, que colidiu de frente com um Polo, de Blumenau, guiado por Edson Altenhofen, que morreu logo após o acidente. O corpo de Lindomar está sendo velado na Casa Mortuária Bom Postor, no bairro Santa Terezinha, e o sepultamento está marcado para a tarde desta quinta-feira.

____________________________

 

Vítima de acidente não resiste e morre no hospital

Edson Altenhofen, de 48 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda na noite de quinta-feira, dia 6, logo após dar entrada no Hospital Santa Isabel. Ele morava na cidade de Blumenau e dirigia um veículo Polo no momento da colisão. O condutor do segundo veículo envolvido no acidente, Lindomar Gilberto de Lima, de 50 anos, continua hospitalizado, porém está consciente, orientado e não corre risco de morte. 

Segundo o sargento José Carlos, do Corpo de Bombeiros de Gaspar, Lindomar havia consumido bebida alcoólica e o veículo que dirigia ficou travado em 125 km/h.


_____________________________________

Acidente deixa dois homens gravemente feridos

Um acidente em Gaspar, na rua Anfilóquio Nunes Pires, em frente ao Paraíso dos Pôneis, no bairro Bela Vista, deixou dois homens gravemente feridos na noite desta quinta-feira, dia 6. A colisão entre um Vectra, com placas de Gaspar, e um Polo, de Blumenau, deixou gravemente feridos Edson Altenhofen, 48 anos, e Lindomar Gilberto de Lima, de 50 anos.

dsc0040GG.jpg dsc0036GG.jpg

O acidente ocorreu por volta das 19h30 e mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros, Samu, Polícia Civil e Militar de Gaspar e Blumenau. Cerca de duas horas após o acidente, os dois homens ainda estavam sendo atendidos no setor de emergência do Hospital Santa Isabel, em Blumenau, ainda sem novas informações sobre o estado de saúde deles, que era considerado grave. “A situação do Edson estava crítica quando ajudei a retirá-lo do Polo. Estava com ferimentos por todo o corpo, mas ainda respirava”, testemunhou Vilmar Soares, que passava na localidade no momento da batida.

Informações preliminares do Corpo de Bombeiros dão conta de que os dois veículos colidiram frontalmente por volta das 19h30, porém somente o laudo pericial poderá comprovar o que causou a colisão. O acidente causou longos congestionamentos nos dois sentidos da rua Anfilóquio Nunes Pires e chamou a atenção de diversas pessoas que passaram pelo local.

 

dsc0033GG.jpg dsc0031GG.jpg
dsc0030GG.jpg dsc0025GG.jpg
039GG.jpg unnamed1GG.jpg
dsc0025GG.jpg unnamed3GG.jpg
   

 

 

Edição 1560

Imprimir!  

Compartilhe/Guarde este conteúdo.O que é isso?

Indique este conteúdo 
 
 
 


12 comentário(s) neste conteúdo.

Alessandro
25/03/2014 às 12:08
Essa rodovia é um caos. Além de ter um péssimo asfalto. Tudo remendado, mal feito. E nada se faz. Ou ignoram os problemas.
É mais fácil fingir que não existe. Outro problema é o excesso de velocidade nessa rodovia. É muito comum vários veículos transitando em altíssima velocidade. Eu já presenciei milhares de vezes. E pior, cada condutor mal educado que não respeitam as leis. Só querem ultrapassar e dar sinal de luz. Eu respeito o trânsito e vejo que nesta rodovia muitos carros passam de 140Km. De madrugada então é pior. Passam de 160km em alguns pontos. Uma vez estava em torno de 70Km e um carro passou pelo meu em altíssima velocidade. Sumiu da rodovia em poucos segundos. Se você ousar dirigir em torno de 60Km que é a velocidade permitida, então você é capaz de apanhar ou ser agredido, insultado. E dizem que aqui é a região educada, rica e com colonização de europeus.
Então uma das soluções é colocar radares em toda rodovia. Fiscalizar e melhorar a sinalização da rodovia. Se tem radar, garanto que os 'machões' não vão querer passar da velocidade, pois terão seus pontos na carteira somados e pagarão multas. Podem escrever ai: logo logo vai ter mais acidentes fatais.
Pedro
22/03/2014 às 09:24
Gostei de seu comentário . Fica uma pergunta
Quem nunca dirigiu depois de ter tomado umas cervejas ?
Se tiver alguém que faz isso é muito raro .
Linda Lima15/02/2014 às 17:22
Sou irmã do Lindomar Gilberto de Lima, , posso dizer com todas as letras que ele é culpado pela morte desse homem que nada tinha a ver com o acidente. Lamento profundamente pela família da vitima. Que Deus possa confortar o coração de todos.
Estou a disposição para qualquer esclarecimentos quanto ao comportamento de meu irmão.

Rafaela
07/02/2014 às 23:24
O município pegou esta rodovia que era do estado pra que?
Um presente de grego!!! é isto que ela é. Antes presenciavamos um brilhante trabalho da "PRE" no quesito fiscalização. e agora? cade os agentes de trânsito? eles tem equipamentos para fiscalizar? eles tem efetivo para fiscalizar? eles tem treinamentos e atualização na área que atuam?
Não; não tem; e nem vão ter, pois isso não faz bem ao marketing politico das próximas eleições.
Antonio
07/02/2014 às 20:19
Pablo, se estivesse a menos velocidade, o estrago não seria tão grande.
Já me bateram nesse trecho, e por sorte estávamos a 60 km/h e somente os parachoques estragaram.

Foi imprudência do motorista embrigado, assumiu o risco e deve ser punido por matar um inocente, pai de família.
Roger cordeiro
07/02/2014 às 18:33
com certeza a pessoa que enjeriu bebida ñ vai ser presa, porque essas leis nunca funcionaram, e ser for preso vai pagar fiança e vai sair como se nada tivesse acontecido.
Dirilaine arend
07/02/2014 às 15:53
sempre é assim quem esta embriagado sai ileso ,e o motorrista que estava enbriagado quando sair do hospital será que vai pra cadeia ?
Bartolomeu Horestes
07/02/2014 às 15:06
Os culpados "ativos" são os envolvidos. Os culpados "passivos" o Governo de SC e Governo Local. Por que? A Rodovia está assim a 20 anos. Feita ainda pelo Governo Kleinubing. Até agora só "remendaram". Os impostos que recolhemos só servem a "mensalões". Os culpados são sempre os "motoristas". Esta rodovia continua cheia de buracos, e agora cheia de lombadas... pelo jeito não é de esperar muita coisa.
Meri neves
07/02/2014 às 14:03
a real é que sempre que está embriagado sai ileso e quem acaba num caixão são inocentes
Pablo
07/02/2014 às 09:41
Não estou defendendo ninguém, mas afirmar que o carro estava a 125km/h só pq ficou travado nesta velocidade não significa que estava nesta velocidade, é um grande erro da mídia ficar divulgando e presumindo as coisas, não existe fundamente para afirmar isto, pois o velocímetro pode travar na batida desde 0 até 200, 300km/h dependendo do painel do carro.
Só comento isto pois quantas pessoas morreram e não puderam se defender, a 125 km/h não ficaria ninguém vivo, morte imediata.

Antonio Carlos
07/02/2014 às 09:22
Primeiro, meus sentimentos à família do Edson. Segundo, são incontáveis as vezes em que, condutores sob efeito do álcool, provocam acidentes graves, tiram a vida de pessoas que nada tem a haver e eles ficam aí...
Todos sabem que no trajeto entre Gaspar e Blumenau é quase que impossível trafegar em velocidade superior a 50 km/h e nem é permitido. Estar a mais de 120 km/h, deve ser tratado como crime doloso. Será que esse sujeito vai sair do hospital e vai pra cadeia ? Vai não...
Diogo
07/02/2014 às 07:54
Se a batida foi frontal, duas hipóteses: a primeira, um dos carros se perdeu por falha mecânica ou humana e colidiu no outro.
A segunda mais provável: ultrapassagem forçada. Não adianta nossa SC é travada, o que adianta podar um e na frente ter outro carro mais lerdo ainda. Só pra dar acidente. Infelizmente os motoristas do Vale são mal educados, afobados, dentre outras deficiências. E quem sofre são as famílias das vítimas, as pessoas que sofrem nas filas e o povo em geral que paga a policiais e bombeiros mediante impostos para atendimentos deste tipo.
Deixe seu comentário

Os comentários estão sendo moderados, portanto, seu comentário não será exibido no ato do envio.

 
 
Seu e-mail não será divulgado.

 
Seu telefone não será divulgado.


 

Para buscar frases exatas utilize aspas duplas. Ex.: "polícia de gaspar"

Todos os direitos reservados © 2014 | Editora Cruzeiro do Vale - Sede: Cel. Aristiliano Ramos, 441 - 1o andar
Telefone Comercial: (47) 3332-4259 | Telefone Redação: (47) 3332-9060 | Fax: (47) 3332-9060 | by softd